Arbitragem suspeita vai para o tribunal no Paraná

Evandro Rogério Roman teria cometido erros que causaram a derrota do Engenheiro Beltrão para o Londrina

29 de janeiro de 2008 | 16h57

O Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TDJ-PR) decidiu abrir inquérito para analisar a arbitragem de Evandro Rogério Roman na partida entre Londrina e Engenheiro Beltrão pela quarta rodada do Campeonato Espanhol, realizada no último dia 20, domingo, no Estádio do Café - o time de Londrina venceu por 2 a 1.   Veja também:  Vídeo editado com os supostos erros de Roman   Os dirigentes do Engenheiro Beltrão alegam que Roman foi tendencioso em sua arbitragem e reclamam de dois pênaltis não marcados. Além disso, eles questionam os dois gols do Londrina, que teriam sido marcados em jogadas irregulares.   Ao final do jogo, o presidente do Engenheiro Beltrão, Luiz Linhares, ainda afirmou ter sido ofendido por Roman, que pertence ao quadro da Fifa.   O vídeo com os lances polêmicos da arbitragem de Roman (e dos assistentes Arestides Pereira da Silva Júnior e José Walmir de Carvalho Pereira) foi editado e colocado na internet por um torcedor do Engenheiro Beltrão - as imagens pertencem à TV Rural, com transmissão de Rinaldo Rocha.   Um dos lances mais polêmicos em que Roman teria errado foi quando um jogador do Londrina caiu próximo à área. O árbitro só parou o jogo quando o Engenheiro Beltrão puxou um contra-ataque - antes, os próprios jogadores do Londrina se recusaram a colocar a bola para fora para atender o companheiro.   Evandro Rogério Roman, em 2005, denunciou árbitros no futebol paranaense que estariam envolvidos num esquema de corrupção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.