Arbitragem terá trios fixos no Campeonato Paulista

Federação Paulista de Futebol dará prêmios aos melhores árbitros e assistentes da competição

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

17 de dezembro de 2008 | 17h11

O chefe da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marcos Marinho de Moura, anunciou nesta quarta-feira que a arbitragem terá trios fixos durante o Campeonato Paulista de 2009. O árbitro e os dois assistentes estarão juntos da primeira até a última rodada da competição.Veja também: Ouça a declaração de Marcos Marinho Tabela e calendário do Paulistão 2009 Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "Esperamos com isso ter uma margem menor de erros. Houve falta de critério em algumas partidas do Paulistão deste ano e queremos avançar no sentido de que haja menos distorção e mais critérios na aplicação das regras", declarou Marinho.Após o torneio estadual, o melhor trio de arbitragem receberá um prêmio de R$ 200 mil. O segundo melhor ficará com R$ 100 mil e o terceiro com R$ 50 mil. "Eu não vou mais admitir erros grosseiros, neste ano ainda aconteceram algumas falhas bobas que eu já não esperava", afirmou o comandante dos árbitros. Marinho ainda revelou que, depois de cada rodada do Campeonato Paulista, uma comissão analisará as partidas para verificar se aconteceram ou não erros de arbitragem. "Há erros graves e outros normais, tudo vai ser analisado caso a caso". Segundo ele, nenhum clube terá o poder de vetar árbitros para seus jogos. "Eu que vou punir quando houver necessidade. Ninguém ficará sabendo por terceiros que foi para a 'geladeira'", disse.Segundo ele, o trio será punido quando for detectado um erro grave. "Tem que haver um comprometimento entre os três, dessa maneira acredito que eles vão se acertar, se entrosar melhor, e isso será benéfico para a arbitragem", assinalou.ENTREVISTASMarcos Marinho de Moura ainda recomendou aos árbitros de futebol que atuarão no próximo estadual que não falem com a imprensa após as partidas. "Não haverá lei da mordaça, se quiserem eles poderão dar entrevistas, mas a recomendação é para que isso não aconteça, pois percebemos nos últimos anos que isso não é bom para ninguém", afirmou. No Paulistão da próxima temporada, os árbitros continuarão se comunicando por meio de rádios digitais durante as partidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulistão A-1FPFfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.