Árbitro atrapalha e Botafogo perde

O juiz Amaurílio Saleão voltou a interferir no resultado de uma partida do Campeonato Carioca e pode ser apontado como principal responsável pela derrota do Botafogo para o Volta Redonda, por 3 a 2, hoje à tarde, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Ele anulou gol legítimo de Alexandre Gaúcho ainda no primeiro tempo, além de não ter marcado pênalti claro para o Alvinegro nesta etapa. Saleão havia dirigido Flu 3 x 1 América, em 24 de março, partida em que anulou dois gols legais da equipe americana. Além de Saleão, o goleiro Wagner também contribuiu bastante para a derrota de seu time. Ele falhou de forma grotesca no segundo gol do Volta Redonda.O primeiro gol do time da casa surgiu aos 17 minutos de jogo, com Gatão, de cabeça. Logo depois, o Botafogo teve o gol anulado e seu lateral-esquerdo Leandro foi expulso por reclamação. Os outros gols aconteceram na etapa final. Aos 6, Maciel chutou rasteiro e Wagner aceitou. Aos 15, novamente Gatão conferiu, ao aproveitar cobrança de falta de Flavinho. Em seguida, o Botafogo teve outro jogador expulso: Fábio Augusto, por falta violenta. Sem nenhuma justificativa, Saleão também expulsou o zagueiro Júlio César, do Volta Redonda. O Botafogo diminuiu aos 24, com Taílson. Aos 47, Váldson, em boa cobrança de falta, fez o segundo gol do Alvinegro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.