Árbitro culpa Blanco por briga no Azteca

O colombiano Oscar Ruiz, árbitro do jogo América x São Caetano, que acabou em briga na noite de terça-feira, na Cidade do México, culpou o atacante Blanco, do time mexicano, por toda confusão. Segundo ele, tudo começou depois que Blanco agrediu o goleiro brasileiro Sílvio Luiz quando a partida já tinha terminado.?Os jogadores estavam se cumprimentando quando Cuauhtémoc Blanco entra em campo, vai até o goleiro do São Caetano. Depois, eles trocam ofensas e se agridem?, relatou Ruiz, que tinha expulsado o atacante mexicano pouco antes do final da partida. ?Isso provocou a batalha campal que poderia terminar numa grande tragédia.?Oscar Ruiz também relatou que o policiamento não era suficiente no estádio Azteca. Afinal, depois da briga entre os jogadores dos dois times, os torcedores do América começaram a invadir o campo e, por muito pouco, não massacraram os atletas do São Caetano. ?Havia pouca polícia para controlar os revoltados. Temi por minha integridade?, admitiu o árbitro.O colombiano ainda inocentou o São Caetano de qualquer culpa pelo acontecido. ?O causador de tudo foi o jogador Blanco?, voltou a dizer Oscar Ruiz. ?Os dirigentes do América nos pediram desculpas e afirmaram que seus jogadores haviam sido provocados, mas nós não nos demos conta disso.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.