(Divulgação /Associação de Árbitros Amadores Heróis do Jenipapo)
(Divulgação /Associação de Árbitros Amadores Heróis do Jenipapo)

Árbitro de futebol é atingido por raio e morre durante partida no Piauí

Fatalidade aconteceu no momento em que Valdinar Rodrigues de Jesus, de 49 anos, encerrava uma partida da Copa Cidade 2022

Redação, Estadão Conteúdo

13 de março de 2022 | 14h29

O árbitro Valdinar Rodrigues de Jesus, de 49 anos, natural do Povoado Água Fria de Campo Maior (PI), morreu neste sábado ao ser atingido por um raio durante uma partida da Copa Cidade 2022, realizada na comunidade Santa Maria, entre Jatobá do Piauí e Capitão de Campos.

Valdinar Rodrigues de Jesus estava encerrando a partida por causa da forte chuva que caía na região, quando acabou sendo atingido pelo raio. Os jogadores ainda tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso. Nenhuma outra pessoa que estava no campo sofreu com a descarga elétrica. Com baixos sinais vitais, ele foi levado ao Hospital Regional de Campo Maior.

No entanto, o árbitro acabou morrendo antes mesmo de receber o atendimento médico. O fato ocorreu por volta das 16h30. Valdinar Rodrigues foi apitar o jogo para substituir um companheiro de profissão, que não pôde comparecer ao duelo entre Fubuia e Boa Fé. O árbitro foi velado neste domingo, em Campo Maior, e deixou mulher e três filhos. O campeonato foi suspenso, conforme informou a Prefeitura de Jatobá do Piauí, e foi decretado luto em condolências à família da vítima.

"É com profundo pesar que a Prefeitura de Jatobá do Piauí, por meio do prefeito Hilton Gomes, e do departamento de esportes, lamenta o falecimento do árbitro Valdinar Rodrigues de Jesus. Valdinar sempre será lembrado como um herói pelos desportistas jatobaenses. Nossos pêsames à família enlutada", postou a Prefeitura em nota oficial.

Já o prefeito de Jatobá do Piauí, Hilton Gomes, tratou o caso como uma fatalidade. "Uma fatalidade. O árbitro será lembrado como um herói, pois teve a sabedoria de paralisar a partida e evitou que outras pessoas fossem atingidas. Queremos nos solidarizar com a família, iremos prestar todo o apoio necessário à família", disse.

Valdinar Pitoco, como era conhecido por amigos e familiares, fazia parte da Liga de Heróis do Jenipapo, associação de árbitros da cidade de Jatobá do Piauí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.