Árbitro Edílson de Carvalho é libertado

O árbitro Edílson Pereira de Carvalho, que confessou participação em esquema para fraudar resultados de jogos do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro, foi libertado da prisão nesta madrugada de quinta-feira. Como ele está colaborando com a polícia, sua prisão preventiva não foi renovada.Edílson não quis dar entrevista. Só avisou que fará isso nos próximos dias. E ainda levou tapa de um torcedor corintiano, identificado apenas como Eliseu. ?Você é ladrão, tem que vestir rosa e não preto, porque roubou contra o Corinthians (no jogo contra o São Paulo)?, gritou ele, que diz ser taxista. Depois, o torcedor disse que só foi lá quando soube que o árbitro ia ser libertado. ?Eu estava trabalhando aqui perto, soube que ele ia sair e vim aqui. Estou vingado.? Edilson não regiu à agressão, mas cobrou uma ação dos policiais que estavam próximos. "É um idiota", disse Edílson referindo-se ao torcedor. " Ele quer aparecer", completou o árbitro. O empresário Nagib Fayad também já foi libertado e está voltando para Pircacicaba, cidade onde mora. Na saída ele disse não estar arrependido. "Eu não tenho do que estar arrependido, sou apenas um apostador", disse.Ao ser perguntado sobre como se sentia depois de passar cinco dias na prisão, Nagib reagiu com tranqüilidade. "Normal, isso aí é uma segunda casa", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.