Árbitro jamaicano sofre lesão e está fora do Mundial

Devido a uma lesão no joelho, o árbitro jamaicano Peter Prendergast foi cortado nesta segunda-feira pela Fifa da Copa do Mundo. Dessa forma, os dois bandeirinhas que acompanhavam o juiz - o jamaicano Anthony Garwood e o trinitense Joseph Taylor - também foram afastados, já que a Fifa tinha estabelecido trios fixos para o Mundial. Em comunicado, a Fifa explicou que Prendergast não conseguiria se recuperar fisicamente antes do dia 9 de junho, data que começa o Mundial. Os substitutos serão anunciados ainda nesta segunda. Prendergast é o segundo juiz afastado da Copa. O outro havia sido o italiano Massimo De Santis, excluído por causa dos escândalos de arbitragem no futebol italiano. Nesta quarta, os juízes e bandeirinhas farão uma nova bateria de exames médicos e físicos, em Frankfurt.

Agencia Estado,

29 Maio 2006 | 11h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.