Árbitro na boca do gol ajudará a acabar com trapaça, diz Japão

Fifa decide, experimentalmente, colocar dois árbitros nas áreas do gol durante o Mundial de Clubes

Alastair Himmer, da Reuters,

11 de outubro de 2007 | 11h08

A decisão da Fifa de experimentalmente colocar dois árbitros nas áreas do gol durante o Mundial de Clubes em dezembro ajudará a acabar com trapaças, disse o presidente da Associação de Futebol do Japão. "Na velocidade em que o futebol moderno é jogado hoje, é completamente impossível [acompanhar] com apenas um árbitro e dois assistentes", disse Saburo Kawabuchi, segundo jornais japoneses desta quinta-feira. "Para marcar todas as faltas, você precisa mais do que apenas um árbitro e dois assistentes. É melhor aumentar o número de autoridades." O papel específico dos dois novos árbitros, incluindo seu posicionamento, será determinado mais perto da competição. O torneio no Japão também será utilizado para dar prosseguimento a testes com a tecnologia de detectores da linha de gol, desenvolvida pela Adidas, que usa um chip na bola para mostrar se ela entrou ou não no gol.

Tudo o que sabemos sobre:
ArbitragemFifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.