Árbitro saca revólver em jogo de futebol amador em MG

Juiz, que teria sido agredido por um jogador, é policial militar

O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2015 | 17h00

Depois de uma confusão em campo e de, supostamente, sofrer uma agressão, o árbitro de um jogo do campeonato amador da cidade de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi até o vestiário e voltou com uma arma de fogo. Como não havia policiamento no local, Gabriel Murta, que apitava a partida, foi contido por seus auxiliares. O chefe de arbitragem da Federação Mineira de Futebol, Giuliano Bozzano, não descartou uma punição a Murta. 

O jogo foi no último final de semana, e era válido pela Liga de Futebol Amador da cidade, entre os times do Amantes da Bola e do Brumadinho. Segundo o presidente da liga, Valdenir de Castro, o tumulto começou quando reservas e o treinador do Amantes da Bola invadiram o campo para pedir a expulsão de um adversário. Nessa hora um dos jogadores teria agredido o arbitro. Murta disse que pegou a arma por se sentir ameaçado. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolviolênciaBrumadinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.