Árbitros escoceses confirmam decisão de realizar greve

Paralisação é uma forma de protesto contra críticas dos clubes ao desempenho recente dos juízes

AE-AP, Agência Estado

25 de novembro de 2010 | 09h47

A Federação Escocesa de Futebol (SFA, na sigla em inglês) disse que uma greve proposta pelos árbitros, no país, no próximo fim de semana vai ocorrer, depois dos juízes da categoria 1 se recusaram a cancelar a paralisação.

Os árbitros da Escócia aprovaram no domingo o boicote a todos as quatro divisões do campeonato nacional em protesto contra as críticas dos clubes ao desempenho recente dos juízes.

Em um esforço para evitar a greve, a SFA disse que prometeu sanções mais duras aos jogadores e dirigentes dos clubes que criticarem árbitros e à proibição das equipes realizarem comentários sobre os juízes antes e imediatamente após os jogos.

A SFA disse ter sido informada de que "após a reunião de árbitros da categoria 1 que não haveria mudanças na decisão". Diante disso, a federação pretende prosseguir com os planos de usar juízes estrangeiros para apitar os jogos deste fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEscóciaárbitrosgreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.