Árbitros: Paulo César desbanca Simon

O paulista Paulo César de Oliveira foi escolhido por 40,44% dos jornalistas como o melhor árbitro do ano, deixando em segundo lugar o vencedor de 2000 e 2001, Carlos Eugênio Simon. Com apenas 24 anos, Paulo César se tornou árbitro da Fifa em 1997. Era um dos juízes mais cotados para representar o Brasil na Copa do Mundo deste ano, mas como há dois anos desentendeu-se com o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Armando Marques, acabou prejudicado.Apesar de ter feito um Mundial regular, Simon ficou na segunda posição, com 19,66% dos votos, seguido por Heber Roberto Lopes: 18,54%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.