Érico Leonan / São Paulo FC
Érico Leonan / São Paulo FC

Arboleda e Tréllez ficam fora de treino do São Paulo; Hudson volta

Parte do grupo faz avaliação clínica, antecipada para que time tenha mais dias de preparação na pré-temporada

O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2018 | 13h59

O São Paulo se reapresentou nesta quarta, dois dias após o empate com o Sport, e realizou um treino técnico visando o duelo com a Chapecoense na última rodada do Brasileirão. Por problemas diferentes, o zagueiro Arboleda e o atacante Tréllez não participaram da prática, enquanto Hudson voltou a treinar normalmente.

O defensor equatoriano ficou fora devido a uma gripe, enquanto o atacante colombiano torceu o tornozelo na última partida. Reinaldo, suspenso do próximo jogo pelo terceiro cartão amarelo, se juntou aos dois e fez exercícios físicos no departamento médico. Já Hudson, que não enfrentou o time pernambucano graças à fadiga muscular, treinou normalmente e deve jogar contra a Chapecoense.

No gramado, André Jardine comandou um treino técnico, trabalhando passes, posse de bola e viradas de jogo, com participação dos goleiros. Depois, dividiu os jogadores em dois times de oito, sem os arqueiros e esboçou parte do que deve ser a formação titular para o confronto em Chapecó, com Bruno Alves, Rodrigo Caio, Edimar, Hudson, Liziero, Shaylon, Everton e Diego Souza. A outra equipe contou com Rodrigo Freitas, Anderson Martins, Araruna, Jucilei, Everton Felipe, Nenê, Helinho e Brenner.

Depois do treino, parte do elenco realizou exames clínicos, de eletrocardiograma e ecocardiograma para uma avaliação cardiológica em um hospital. O São Paulo decidiu adiantar esses exames, que normalmente são realizados na reapresentação dos atletas após as férias, para ter mais dois dias de preparação na pré-temporada antes de viajar para disputar a Florida Cup. Os outros jogadores serão avaliados nesta quinta-feira.

O São Paulo joga contra a Chapecoense fora de casa no domingo, às 17h. O time paulista busca a vaga no G-4, que lhe colocaria direto na fase de grupos, em vez de ter que disputar a pré-Libertadores. Para alcançar o objetivo, precisa ganhar e torcer para que o Grêmio não derrote o Corinthians em Porto Alegre, ou empatar e torcer por derrota do time gaúcho.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.