Arce visita colegas no Palmeiras

Marcos, Sérgio e Magrão receberam nesta quarta-feira a visita de Arce, no Hotel Excelsior, em Assunção, onde tinham jogo contra o Tacuary. O lateral paraguaio foi visitar os três companheiros com quem jogou no Palmeiras, do fim dos anos 90 até dezembro de 2002."Foi bom rever amigos", disse Arce, mas lamentou a mudança do grupo. "É um elenco bem diferente. Além dos três, também trabalhei um pouco com o Correia. As coisas se alteram rapidamente."Arce está com 33 anos e há mais de seis meses se recupera de cirurgia no joelho direito. Ele sofreu contusão no meio da temporada passada, quando defendia o paraguaio Libertad, rescindiu contrato, operou-se no Brasil e agora está em fase final de tratamento. Os próximos dois meses serão decisivos para seu futuro. Se não houver seqüelas da operação, estudará ofertas que diz ter, do Paraguai e do Brasil, e segue carreira por mais algum tempo. Caso contrário, pendura as chuteiras, mas continuará no esporte, pois já surgiram ofertas para trabalhar como auxiliar técnico ou mesmo como gerente de futebol."Minha intenção é jogar", admitiu Arce. "Mas, se não der, não me preocuparei em forçar nada."

Agencia Estado,

02 de fevereiro de 2005 | 20h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.