Arena Castelão é interditada por 90 dias após quebra-quebra em clássico

Por unanimidade, o Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol (TJDF) do Ceará resolveu nesta segunda-feira interditar por 90 dias a Arena Castelão. O julgamento foi de ação contra os distúrbios provocados pelos torcedores do Fortaleza e do Ceará, na final do Campeonato Cearense deste ano, em 3 de maio passado.

CARMEN POMPEU, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

22 de junho de 2015 | 20h25

Na ação, Ceará e Fortaleza e a Federação Cearense de Futebol (FCF) também foram punidos. O Fortaleza com uma multa de R$ 15 mil e perda de oito mandos de campo. O Ceará com uma multa de R$ 10 mil e perda de sete mandos de campo. A FCF com multa de R$ 10 mil. Os clubes, a FCF e a Arena Castelão vão recorrer ao Pleno do TJDF-CE.

Após a final do Campeonato Cearense cerca de cinco mil torcedores invadiram o gramado e provocaram quebra-quebra no estádio. Resultado foi um prejuízo calculado em R$ 500 mil, com 1.580 cadeiras quebradas, dezenas de placas de publicidade destruídas, traves arrancadas, redes rasgadas, banco de suplentes e o próprio gramado danificados. Foram registrados ainda roubos de câmaras de televisão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolArena CastelãoCearáFortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.