Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Arena de Itaquera dá ao Corinthians o melhor desempenho em 4 anos

Time alvinegro defende uma invencibilidade de 17 jogos na nova arena, com aproveitamento de 75,6% dos pontos disputados no local

Diego Salgado, O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2014 | 16h15

Uma invencibilidade de 17 jogos em casa e o melhor desempenho dos últimos quatro anos como mandante. Essas são as marcas alcançadas pelo Corinthians na sua nova arena, apenas sete meses depois da abertura do estádio e a despedida do Pacaembu. O aproveitamento de 75,9% dos pontos (em 18 partidas) é superior ao registrado nas temporadas 2013, 2012 e 2011, além do apresentado no primeiro semestre deste ano. Em 2010, a equipe registrou 81,4% de aproveitamento nos jogos em casa.

No ano passado, o time comandado por Tite conquistou dois títulos, mas não obteve um desempenho melhor ao apresentado em Itaquera. Nos 36 jogos como mandante, o Corinthians somou 66,7% dos pontos disputados - foram 32 jogos no Pacaembu, com aproveitamento de 64,6% (17 vitórias, 12 empates e três derrotas).

Em 2012, mesmo com o título da Libertadores, o desempenho também foi inferior ao apresentado na nova arena. Há dois anos, a equipe mandou todos os 39 jogos no Pacaembu, com 25 vitórias e nove empates - rendimento de 71,8%. No ano em que ergueu a taça do Brasileirão, o desempenho foi praticamente o mesmo: 70,8%, em 32 jogos (apenas um confronto foi disputado longe da capital paulista). O Corinthians conquistou 21 vitórias e cinco empates.


No centenário do clube, o time perdeu apenas três vezes como mandante. No Pacaembu, a equipe acabou derrotada em duas oportunidades: contra o Grêmio (1 a 0) e o Atlético-GO (4 a 3). No estadual, o revés deu-se diante do Paulista, pela contagem mínima, na Arena Barueri. Naquela temporada, o Corinthians obteve 26 vitórias e cinco empates nas 34 partidas que disputou.

REAÇÃO

Os números alcançados pelo Corinthians na sua nova arena contrastam com o resultado da estreia em Itaquera. Logo no primeiro jogo, o time alvinegro perdeu para o Figueirense por 1 a 0. Depois, sofreu o empate do Botafogo no último minuto da partida. A primeira vitória ocorreu depois da Copa do Mundo, no dia 16 de julho. Na ocasião, o Corinthians venceu o Inter por 2 a 1, gols de Guerrero e Fagner.

Na sequência, o time ainda perdeu pontos contra times que lutavam contra o rebaixamento no Brasileirão. O fato ocorreu diante de Bahia (1 a 1), Chapecoense (1 a 1) e Coritiba (2 a 2). A igualdade também fez-se presente diante do Fluminense (1 a 1). No total, o time conquistou 12 vitórias - nove delas no Brasileirão, incluindo os clássicos contra Palmeiras, São Paulo e Santos.

O ataque corintiano marcou 34 gols nos 18 jogos. Guerrero é artilheiro do estádio, com oito gols feitos. Luciano balançou as redes cinco vezes. Elias, por sua vez, marcou quatro gols, seguido de Fábio Santos (3), Renato Augusto (2) e Petros (2). Jadson, Fagner, Romero, Gil, Romarinho, Ralf, Felipe, Malcom, Anderson  Martins e Bruno Henrique têm um gol cada. A defesa foi vazada em 14 oportunidades.

TEMPORADAS

2014

Arena Corinthians

18 jogos, 12 vitórias, cinco empates e uma derrota

Aproveitamento: 75,9%

Fora da arena

12 jogos, sete vitórias, dois empates e três derrotas

Aproveitamento: 63,9%

2013

36 jogos, 20 vitórias, 13 empates e três derrotas

Aproveitamento: 66,7%

2012

39 jogos, 25 vitórias, nove empates e cinco derrotas

Aproveitamento: 71,8%

2011

32 jogos, 21 vitórias, cinco empates e seis derrotas

Aproveitamento: 70,8%

2010

34 jogos, 26 vitórias, cinco empates e três derrotas

Aproveitamento: 81,4%

JOGOS NA ARENA CORINTHIANS

0 x 1 Figueirense

1 x 1 Botafogo

2 x 1 Internacional

3 x 0 Bahia

2 x 0 Palmeiras

1 x 1 Bahia

5 x 2 Goiás

1 x 1 Fluminense

3 x 1 Bragantino

1 x 0 Atlético-MG

1 x 1 Chapecoense

3 x 2 São Paulo

2 x 0 Atlético-MG

3 x 0 Sport

2 x 2 Coritiba

1 x 0 Santos

1 x 0 Grêmio

2 x 1 Criciúma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.