Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Argel exalta números do Inter e lamenta derrota para Chapecoense

Argel Fucks lamentou a derrota do Internacional para a Chapecoense na noite desta quinta-feira, no oeste de Santa Catarina. Para o treinador, o time gaúcho foi melhor em campo durante a maior parte do jogo e até apresentou números para justificar sua avaliação sobre o duelo.

Estadão Conteúdo

20 de novembro de 2015 | 11h13

"Tivemos 55% de posse de bola, 10 finalizações, quatro chances claras de gol", argumentou o técnico. "Era para ser no mínimo um empate. Mas futebol não é finalização, posse de bola. Futebol é bola na rede", declarou, lamentando a derrota por 1 a 0, fora de casa.

Para Argel, o Inter foi superado pela Chapecoense na batalha de 11 contra 10 jogadores, após a expulsão do experiente zagueiro Juan. "Quando você perde um jogador, fica muito difícil. Tomamos o gol logo em seguida. Com 11 x 10 a dificuldade aumenta. Os jogadores correram muito", afirmou.

Apesar do revés, o treinador elogiou o desempenho dos jogadores do Inter, que precisaram enfrentar o encharcado gramado da Arena Condá - a partida foi adiada em 50 minutos justamente por causa da forte chuva em Chapecó.

"Com todo o gramado pesado, nossa equipe fez uma boa exibição. Criamos oportunidades. Pressionamos o adversário. O mais importante foi o torcedor ter visto um time aguerrido, brioso", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterArgel Fucks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.