Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Argentina bate Peru e se aproxima ainda mais da vaga para Copa do Mundo do Catar

Com o resultado, argentinos alcançaram os 25 pontos, em segundo lugar, atrás apenas do Brasil, que soma 31

Redação, Estadão Conteúdo

14 de outubro de 2021 | 22h37

A seleção da Argentina se aproximou ainda mais da vaga para Copa do Mundo do Catar, ao derrotar, nesta quinta-feira, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires, o Peru, por 1 a 0, em duelo válido pela 12ª rodada Eliminatórias Sul-Americanas.

Os argentinos alcançaram os 25 pontos, em segundo lugar, atrás apenas do Brasil, que soma 31. Os peruanos, com 11 pontos, só ficam à frente da Venezuela.

Sob a coordenação de Messi, a Argentina pressionou muito no início da partida, a ponto de criar duas boas oportunidades em apenas três minutos, com finalizações de Di Maria e De Paul. Aos oito minutos, Romero fez o gol, mas o lance foi anulado por impedimento.

O Peru, após ficar acuado em seu campo durante os primeiros 20 minutos, começou a se soltar nos contra-ataques, mas de forma muito tímida. O destaque foi o atacante Lapadula, que brigou o tempo todo sozinho contra toda a zaga adversária. Cueva foi omisso durante os primeiros 45 minutos.

Muito marcado, Messi sofreu com o excesso de faltas e pouco produziu na parte final da primeira etapa. Com isso, Di Maria assumiu a responsabilidade e teve pelo menos mais duas oportunidades para abrir o placar, mas errou na conclusão.

Quando parecia que os gols ficariam para o segundo tempo, Lautaro Martínez surgiu como um raio no meio da defesa peruana para cabecear com estilo, após cruzamento da direita feito por Molina, e fazer 1 a 0 para os donos da casa.

A Argentina voltou para o segundo tempo dando a impressão de que iria em busca de mais gols, mas, diante de sua superioridade técnica, perdeu a ambição e passou a trocar passes sem objetividade. Quase foi castigada aos 19 minutos, quando Farfán foi derrubado pelo goleiro Emiliano Martínez dentro da área. Pênalti que Yotún cobrou no travessão.

A partir daí, a partida ficou monótona, pois os argentinos perderam o interesse, enquanto os peruanos não tiveram confiança para tentar pelo menos o empate. O atrativo foi o entusiasmo dos torcedores que se entusiasmavam até com as alterações feitas na seleção argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.