Reprodução
Reprodução

Argentina comemora título da Finalíssima provocando Brasil: ‘Pentacampeão tremeu’; veja vídeo

Rivalidade entre as seleções volta a aflorar após imagens da equipe albiceleste celebrando em Wembley viralizarem; Neymar rebate provocações: 'Ganharam a Copa?'

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2022 | 10h50

A rivalidade entre Brasil e Argentina voltou a esquentar nesta quinta-feira, um dia após o time de Messi conquistar o título da Finalíssima, em Wembley, ao atropelar a Itália por 3 a 0. Os jogadores da seleção albiceleste fizeram festa e provocaram os brasileiros com novas músicas, uma prévia do que deve ser entoado pelos torcedores no Mundial do Catar. 

Entre os versos cantados a plenos pulmões pelos argentinos estão trechos como "o pentacampeão tremeu" e "na favela estão todos chorando". Outras partes das novas músicas citam o título da Copa América, conquistado ano passado no Maracanã, o trauma brasileiro em 1950, e a idolatria por Diego Maradona. 

"Brasileiro, o que aconteceu? / O pentacampeão tremeu / Messi foi para o Rio e ficou com a Copa / Somos a banda argentina e sempre vamos apoiar porque temos o sonho de ser campeão mundial", diz uma das canções. "O que há, brazuca? / Na favela estão todos chorando / Vão passando os anos, você lembra da Copa de 1950 / Têm medo que aconteça de novo / Porque Messi colocou a coroa / E a magia da sua canhota te encanta", cantam outra parte. 

A empolgação dos argentinos não é por menos. Depois de amargar os vices da Copa de 2014, e das edições de 2015 e 2017 da Copa América, a seleção de Messi parece ter reencontrado o bom futebol, com o jogador do PSG sendo decisivo para fazer a engrenagem do time do técnico Lionel Scaloni rodar e chegar à Copa do Mundo com uma campanha segura nas Eliminatórias. Com dois títulos em dois anos, o conjunto albiceleste é um dos favoritos no Catar. 

A alegria da Argentina não passou despercebida por Neymar. O camisa 10 do Brasil rebateu as provocações ironizando a comemoração exacerbada dos rivais. "Ganharam a Copa do Mundo?", escreveu o craque brasileiro nas redes sociais. 

Brasil e Argentina ainda devem se cruzar antes da Copa do Mundo. O polêmico jogo das Eliminatórias, suspenso depois que agentes da Anvisa e da Polícia Federal entraram no gramado da Neo Química Arena para cumprir medidas sanitárias, está remarcado para setembro. A CBF, no entanto, ainda busca os pontos da partida alegando irregularidade por parte dos rivais. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.