Argentina discute violência no futebol

O governo argentino está estudando a possibilidade de suspender os torneios do futebol profissional no país. Os atos violentos que os torcedores vêm proporcionando nos estádios e seus arredores, são o motivo. Neste início de ano, já foram quatro mortes e dezenas de feridos. Na rodada de domingo, novos atos de vandalismo. Uma reunião decidirá o futuro do futebol argentino nesta terça-feira, na Casa Rosada (sede do governo). Participarão membros do governo e chefes das polícias federais.

Agencia Estado,

04 Março 2002 | 17h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.