Divulgação
Divulgação

Argentina e Espanha escolhem locais calmos e com praticidade na Copa

Seleções vão usar como concentração local onde podem ao mesmo tempo se hospedar e treinar

Ciro Campos e Diego Salgado, O Estado de S. Paulo

22 de março de 2014 | 17h00

SÃO PAULO - O catálogo de hospedagens da Fifa para as equipes da Copa de 2014 ofereceu a opções para quem desejava o máximo de praticidade e dez seleções escolheram se hospedar e treinar no mesmo local. Assim, poupam tempo de trajetos entre a concentração e estádios, por exemplo.

Em casos mais específicos, algumas equipes optaram pelo máximo de privacidade e vão ficar concentradas em centros de treinamentos de clubes. Neles, serão hóspedes exclusivos. No CT das categorias de base do São Paulo, em Cotia, os colombianos procuraram um ambiente tranquilo, retirado da cidade e longe do assédio de torcedores e da imprensa. “É um local com 11 campos, centro de fisioterapia e tem toda a privacidade, segurança e estrutura. Somos um hotel feito para o futebol”, explicou o assessor especial da presidência do clube, José Francisco Manssur.

As favoritas Argentina e Espanha também vão ficar concentradas em locais tranquilos. Na região metropolitana de Belo Horizonte, a Cidade do Galo, em Vespasiano, vai abrigar Lionel Messi e os seus companheiros. São 20 suítes e um centro de fisiologia no local considerado em 2010 o melhor Centro de Treinamento do País.

Em Curitiba, os campeões mundiais vão ficar no CT do Caju, do Atlético-PR. São 67 quartos, academia, piscinas térmicas e oito campos oficiais de treino. A seleção brasileira também ficará em local mais recluso e voltará a frequentar a Granja Comary, em Teresópolis.

HOTÉIS FAZENDA

Em vez das casas de clubes, outras seleções preferiram estrutura no estilo hotel-fazenda, com campos na própria hospedagem. Tradicional destino de pré-temporada de equipes paulistas, Águas de Lindoia será a casa de Costa do Marfim. O Oscar Inn Resort, cujo dono é o ex-zagueiro Oscar, ocupa uma área de 200 mil metros quadrados e tem cinco campos de futebol. Em Itu, o Spa Sport Resort receberá os japoneses, que vão poder treinar em dois campos oficiais e fazer exercícios na pista de corrida.

Na Grande São Paulo estará o refúgio da Bélgica. A equipe decidiu ficar em Mogi das Cruzes, no Paradise Golf & Lake Resort. "Possuímos dois campos oficiais padrão Fifa, estamos localizados próximos ao aeroporto de Guarulhos e temos ampla estrutura de lazer", explicou o porta-voz, Ricardo Aly. O local fica à beira de uma represa e dispõe de campo de golfe. Mesmo assim, a seleção belga avisou que o passatempo dos jogadores será outro. O elenco vai trazer vários videogames.

PRÓPRIO CT

A Alemanha descartou as opções oferecidas pela Fifa no catálogo e decidiu montar a própria estrutura. O quartel-general está sendo construído em Santo André, no litoral sul da Bahia. O projeto prevê a construção de 13 unidades residenciais de dois andares, e de seis a sete jogadores vão habitar cada casa.

O complexo terá ao todo 65 quartos, fora campos de futebol e uma área de atendimento à imprensa em um terreno de 15 mil metros quadrados.

A Federação Alemã de Futebol anunciou que quer dar ao local "uma atmosfera de vila" e ambiente tranquilo longe das grandes cidades do Brasil. A localização é privilegiada e vai fazer a equipe precisar se deslocar pouco para os compromissos da primeira fase, em que entrará em campo nas cidades de Salvador, Fortaleza e Recife.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolhospedagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.