Argentina goleia com 3 de Messi, que supera Maradona

Atacante chega aos 35 gols e se torna o segundo maior artilheiro da seleção Argentina

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 08h33

CIDADE DE GUATEMALA - Lionel Messi era dúvida para o amistoso da Argentina diante da Guatemala, realizado na noite da última sexta-feira, ainda se recuperando de um problema na perna direita. Mas o melhor jogador do mundo entrou em campo, marcou três vezes e deu show na goleada por 4 a 0, na Cidade da Guatemala, capital do país. De quebra, o atacante do Barcelona ultrapassou Maradona entre os maiores artilheiros da seleção argentina.

Os três gols levaram Messi a 35 com a camisa da Argentina, deixando para trás Maradona, que tem 34, e igualando-se a Hernán Crespo como segundo maior artilheiro da história da seleção. Eles estão atrás somente de Gabriel Batistuta, que marcou 56 gols com a camisa do país.

O show de Messi começou logo aos 14 minutos do primeiro tempo, quando ele recebeu passe na intermediária, avançou e acertou lindo chute no canto direito de Jerez para abrir o placar. Aos 35, foi a vez de Augusto Fernández aproveitar cruzamento da esquerda para tocar de cabeça e marcar o segundo.

Mas a noite era mesmo de Messi e, ainda no primeiro tempo, aos 38 minutos, o atacante invadiu a área pela direita e foi tocado pelo defensor. Ele mesmo cobrou o pênalti e marcou o terceiro da Argentina. Logo no início da segunda etapa, o próprio Messi aproveitou cruzamento da direita e tocou para fechar o placar. Foi o suficiente para que o jogador deixasse o campo aos 22 minutos, para entrada de Palacio, ovacionado pelos torcedores.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolamistosoArgentinaMessifutinter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.