Martin Acosta/Reuters
Martin Acosta/Reuters

Argentina goleia Venezuela na 'estreia' de Maradona

No primeiro jogo oficial do treinador no comando da equipe, argentinos batem venezuelanos por 4 a 0

Agencia Estado

28 de março de 2009 | 21h31

Não poderia ser melhor a estreia de Maradona como técnico da seleção argentina em jogos oficiais e diante de sua torcida. Na noite deste sábado, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, os argentinos golearam a Venezuela por 4 a 0, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

Veja também:

linkUruguai ganha do líder Paraguai e segue vivo

linkCom gol de Rentería, Colômbia derrota Bolívia por 2 a 0

especialVisite o canal especial das Eliminatórias da Copa

tabela Eliminatórias da Copa - Classificação

lista Eliminatórias da Copa - Calendário / Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Depois de vitórias em amistosos sobre Escócia e França, ambos disputados na Europa, Maradona fez neste sábado o seu primeiro jogo oficial como treinador da Argentina. E foi também a sua estreia em casa, para delírio dos torcedores que lotaram o Monumental de Nuñez e viram a goleada sobre a Venezuela.

Com a vitória deste sábado, a Argentina chegou aos 19 pontos, assumindo a segunda colocação das Eliminatórias, atrás apenas do Paraguai, que tem 23. Mas os argentinos podem voltar ao terceiro lugar já neste domingo, quando o Brasil, atualmente com 16 pontos, enfrentará o Equador em Quito.

No primeiro jogo sem o meia Riquelme, que abandonou a seleção por divergências com Maradona, os argentinos apostaram na força do ataque. Assim, com a escalação do trio de frente formado por Messi, Agüero e Tevez, os donos da casa pressionaram a Venezuela até conseguirem a vantagem no placar.

Astro maior da seleção argentina, Messi abriu o placar aos 26 minutos de jogo, mas os donos da casa não conseguiram mais nada no primeiro tempo. Na segunda etapa, porém, os argentinos marcaram mais três gols e definiram a goleada: Tevez, aos dois, Maxi Rodríguez, aos sete, e Agüero, aos 28, foram os autores.

Embalada pela grande vitória deste sábado, a Argentina se prepara agora para o desafio de jogar na altitude de La Paz, onde enfrentará a Bolívia na próxima quarta-feira, já pela 12.ª rodada das Eliminatórias. Um desafio, porém, que não assusta Maradona, cada vez mais à vontade na função de técnico.

Para a Venezuela, presa fácil dos argentinos neste sábado, a derrota transformou a luta pela vaga na Copa numa missão impossível. Agora, os venezuelanos seguem com 10 pontos e buscam reabilitação já na terça-feira, quando recebem a Colômbia na abertura da 12.ª rodada das Eliminatórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.