'Argentina não é só Messi', diz Khedira antes de jogo

A Alemanha enfrenta a Argentina em amistoso nesta quarta-feira, em Frankfurt. Apesar de admitirem que a principal preocupação é parar o atacante Lionel Messi, os alemães exaltaram toda a equipe argentina. O volante Khedira, por exemplo, lembrou de seus companheiros de Real Madrid: Di María e Higuaín.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 14h01

"A Argentina não é apenas Messi", diz Khedira. "É sempre algo especial jogar contra os melhores do mundo e, definitivamente, Messi está entre eles. Mas Di María e Higuaín também fazem parte deste grupo", completou.

Da última vez que se enfrentaram, a Alemanha não teve trabalho para atropelar os argentinos por 4 a 0, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Passados dois anos, no entanto, os alemães veem o adversário diferente e apontaram que dificilmente terão a mesma facilidade para vencê-lo.

"Temos que melhorar em comparação a 2010. Eles tornaram-se mais flexíveis, possuem um elenco mais extenso. Também fazemos todo o possível para obter um desempenho superior. Estamos tentando nos tornar ainda melhor, cada indivíduo, mas também como uma equipe. Estamos focados, constantemente, em evoluir", disse o atacante Marco Reus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.