Enrique Marcarian/EFE
Enrique Marcarian/EFE

Argentina pode ter trio de ataque contra Venezuela

Técnico Diego Maradona deve escalar Carlos Tévez, Sergio Agüero e Lionel Messi no setor ofensivo

EFE,

25 de março de 2009 | 16h31

O técnico Diego Maradona deve escalar a Argentina para a partida do próximo sábado contra a Venezuela, em Buenos Aires pelas Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2010, com um trio ofensivo formado por Carlos Tévez, Sergio Agüero e Lionel Messi.

Veja também:

tabela Classificação

lista Calendário / Resultados

Após duas vitórias contra Escócia e França em amistosos, o ex-jogador quer usar um esquema muito ofensivo para sua estreia diante da torcida local. Para o jogo contra a Bolívia na altitude de La Paz, dia 1.º de abril, a escalação terá algumas mudanças.

O zagueiro Marcos Angeleri, do Estudiantes de La Plata, ocupará a vaga de Martín Demichelis. O jogador do Bayern de Munique está suspenso. O titular no gol será Pablo Carrizo, que atualmente é banco na Lazio.

O meio-de-campo terá como volantes Gago, do Real Madrid, e Javier Mascherano, do Liverpool. Maxi Rodríguez, do Atlético de Madrid, fica mais avançado pela direita, enquanto Jonás Gutiérrez, do Newcastle United, disputa posição com o veterano Juan Sebastián Verón, do Estudiantes, pela esquerda.

Sem Riquelme, que não joga mais pela seleção por conta de um problema com o treinador pelo seu posicionamento em campo, Maradona disse que terá de mudar "toda" sua estratégia.

O ex-jogador deixou a porta aberta à volta do meia do Boca Juniors, mas ele não parece disposto a mudar de ideia - afirma estar mais "seguro a cada dia".

Além da vitória, Maradona quer resgatar a paixão do torcedor argentino pela equipe, que vinha em queda quando Alfio Basile estava no cargo. O objetivo do treinador é tornar o Monumental de Nuñez um "caldeirão".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.