Argentina recebe o "reforço" de Batistuta para a Copa

Os treinos da seleção argentina começaram diferentes nesta quarta-feira. Antes do técnico José Pekerman realizar os primeiros trabalhos com bola, os jogadores receberam a visita de Gabriel Batistuta.Durante duas horas, Batistuta ficou conversando e dando apoio aos 23 jogadores que disputam a Copa. "É muito bem receber a visita de um amigo, principalmente quando se trata de alguém do nível de Batistuta", explicou o lateral Sorín.Outro que deve aparecer é Maradona. A visita do ex-jogador é esperada para essa quinta-feira. "Pode ser bom, pois ele apareceu antes do jogo contra o Brasil e nós vencemos", contou Saviola, se referindo ao jogo em que a Argentina derrotou o Brasil por 3 a 1, em Buenos Aires, pelas Eliminatórias.Após a visita de Batistuta, Pekerman promoveu um treino coletivo contra a equipe Sub-20 da Argentina. O destaque ficou para o atacante Saviola, autor de um dos gols da vitória por 3 a 0. O provável time para a estréia na Copa deve ser formado por Abbondanzieri; Burdisso, Ayala, Heinze e Sorín; Maxi Rodríguez, Mascherano e Cambiasso e Riquelme; Saviola e Crespo.Durante o jogo contra a Costa do Marfim, Pekerman pode fazer três alterações: o atacante Tevez pode dar maior velocidade ao ataque no lugar de Crespo. Já Aimar serve de opção para o lugar do meia Riquelme, enquanto Cufré pode reforçar a defesa no lugar de Sorín.Outro que pode entrar no time é o atacante Lionel Messi, que já está recuperado de uma lesão na perna direita. O jogador tem se destacado nos treinos e é constantemente pedido no time pelos torcedores.Além da Costa do Marfim, a Argentina enfrentará a Holanda e a Sérvia na primeira fase da Copa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.