Argentina resiste à Copa América

O presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona, confirmou nesta sexta-feira a decisão da seleção de seu país não participar da Copa América, prevista para ter início na próxima quarta-feira, na Colômbia. Segundo o dirigente, não é possível montar uma equipe em dois ou três dias para jogar uma competição. ?A decisão da Confederação Sul-Americana de Futebol não foi justa, não é séria e portanto, a Argentina não vai disputar o torneio?, ratificou. Grondona disse que na terça-feira, um dia antes do início do evento, vai se reunir com o conselho executivo da AFA, mas que será muito difícil retroceder de sua decisão. ?Só Deus sabe o que faremos?, disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.