Argentina, sem medo da altitude

Líder das eliminatórias sul-americanas com 28 pontos em 11 jogos disputados, a seleção da Argentina joga nesta quarta-feira com a da Bolívia (9.ª colocada, com 9 pontos) sem medo da altitude de 3.600 metros da capital boliviana. "A altitude será uma dificuldade a mais, mas nossa equipe está capacitada para superá-la", disse o meio-campista argentino Javier Zanetti, jogador da Internazionale de Milão. "O importante é pensar que o nosso rival é a Bolívia, não a altitude." A PSN promete mostrar a partida ao vivo, a partir das 18h30.O técnico argentino, Marcelo Bielsa, não quer que seus jogadores se preocupem com esse fator. "Vamos tratar de ganhar, como fizemos sempre", disse. Segundo Bielsa, as equipes que se saem melhor em La Paz são as que tomam a iniciativa de jogo, não as que atuam em seu campo, nos contra-ataques. Nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 98, a Argentina perdeu para a Bolívia por 2 a 1, em partida tumultuada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.