Argentina surpreende em convocação para convivência

Os zagueiros Leandro Cufre, da Roma, e o volante Lionel Scaloni, do West Ham, são as principais surpresas da lista de 16 jogadores da seleção da Argentina que foram convocados para dois dias de "convivência" em Madri, no início da próxima semana.Cufre e Scaloni não são exatamente novatos - ambos completam 28 anos neste mês de maio -, mas não têm sido presença constante nas convocações do técnico José Pekerman, que deixou de fora vários nomes freqüentes nas convocações, como o meia Aimar, do Valência, o ala Zanetti e o zagueiro Samuel, ambos da Inter de Milão.A equipe joga na próxima quinta-feira contra a Roma, na segunda partida da final da Copa da Itália - mesmo assim, dois jogadores da equipe foram convocados: o zagueiro Burdisso, outro que raramente vinha sendo chamado, e o volante Cambiasso.O único da lista que atua na Argentina é o goleiro Abbondanzieri, do Boca, que pode conquistar o título do Torneio Clausura neste domingo, em jogo contra o Independiente - o arqueiro viaja para a Europa logo após a partida. Tevez e Mascherano, do Corinthians, e Saviola, do Sevilla, que joga nesta semana a final da Copa da Uefa contra o Middlesbrough, também ficaram de fora.Segundo dirigentes da Federação Argentina de Futebol, não haverá treinamento durante a convivência, apenas avaliações médicas e físicas. Pekerman e a comissão técnica também vão exibir vídeos, fazer palestras e ter conversas individuais com os atletas. O encontro será num antigo convento religioso, que fica na periferia de Madri.Veja quais são os 16 jogadores convocados para a convivência:Goleiros: Roberto Abbondanzieri (Boca Juniors) e Leonardo Franco (Atlético de Madrid).Defensores: Nicolas Burdisso (Inter de Milão), Gabriel Milito (Zaragoza), Juan Pablo Sorín (Villarreal), Fabricio Coloccini (La Coruña), Leandro Cufre (Roma), Roberto Ayala (Valencia), Gabriel Heinze (Manchester United)Meio-campistas: Lionel Scaloni (West Ham), Maxi Rodriguez (Atlético de Madrid), Esteban Cambiasso (Inter de Milão), Luis Gonzalez (Porto) e Juan Roman Riquelme (Villarreal).Atacantes: Lionel Messi (Barcelona) e Hernan Crespo (Chelsea).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.