Argentina vai distribuir livros em estádios

O governo argentino lançou nesta quinta-feira uma campanha para incentivar a leitura no país. E o método utilizado foi bem original: 70 mil exemplares de livros escritos por conhecidos autores locais, como Osvaldo Soriano e Roberto Fontanarrosa, serão distribuídos a cada rodada do Toneio Abertura nos estádios de futebol. ?Essa campanha aproximará o livro de um público pouco habituado a ler?, disse Daniel Filmus, ministro da Educação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.