Argentina vence Colômbia por 3 a 0

A Argentina passou fácil pela Colômbia, neste domingo, em Buenos Aires, pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2002 e deu grande uma contribuição para o Brasil. Em rodada desastrosa para a seleção brasileira, com vitórias dos concorrentes Paraguai e Equador, o triunfo argentino foi o único bom motivo de comemoração do técnico Emerson Leão, já que o Brasil manteve a quarta posição - seria superado caso a Colômbia ganhasse.Com os 3 a 0 sobre os colombianos, a Argentina continua soberana nas Eliminatórias. Lidera com 32 pontos e ainda mantém a vantagem de seis pontos sobre o segundo colocado, o Paraguai. O terceiro é o Equador, com 25, seguido pelo Brasil, 21.Com o estádio Monumental de Nuñes lotado - cerca de 55 mil pessoas -, a Argentina precisou apenas de um tempo para conquistar os três pontos e vingar-se da derrota de setembro de 1993, no mesmo local e também válida por Eliminatórias, quando os colombianos ganharam por 5 a 0.A força do ataque foi a chave para a vitória argentina. O primeiro gol saiu aos 23 minutos. Sorín lançou Killy González, que livrou-se do zagueiro adversário e tocou no canto do goleiro: 1 a 0. Aos 35 minutos, Cláudio Lopez marcou um belo gol. Verón cobrou escanteio e quase fez gol olímpico. O goleiro Córdoba espalmou e a defesa colombiana afastou mal. Na entrada da área, Lopez dominou no peito e acertou chute forte, indefensável. Três minutos depois, foi a vez de Hérnan Crespo marcar. O atacante driblou dois zagueiros e definiu a vitória: 3 a 0.

Agencia Estado,

03 de junho de 2001 | 17h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.