Argentina vence Itália em amistoso

Com um futebol veloz e eficiente, a Argentina conseguiu um resultado mais do que animador na sua preparação para as Eliminatórias da Copa de 2002. Jogando no Estádio Olímpico, em Roma, a equipe derrotou a Itália, de virada, por 2 a 1, em dia de 15 amistosos entre seleções por todo o mundo. Com o resultado, a equipe do técnico Marcelo Bielsa, que não jogava contra a Itália desde a Copa de 1990, conseguiu um feito inédito, pois jamais havia ganho uma partida jogando na casa do adversário.O grande destaque do encontro foi o meia-atacante Hernán Crespo, que deu o passe preciso para o primeiro gol de Kily Gonzalez, aos 36 minutos do primeiro tempo. Crespo também marcou o segundo gol da equipe argentina, aos 3 minutos do segundo. O atacante Fiore chegou a abrir o placar para os italianos, aos 26 minutos do primeiro tempo. A partida marcou um recorde do volante Simeone. Enfrentando a Itália, o jogador completou sua 99ª partida com a camisa da seleção argentina, batendo a marca anterior, do zagueiro Ruggeri. Outro destaque do jogo foi o modesto público de 20 mil pessoas na partida que é um dos maiores clássicos do futebol mundial. A vitória argentina manteve um estigma para os italianos. Na Copa de 1990, o time perdeu a vaga para a final da competição empatando por 1 a 1 no tempo regulamentar e perdendo na disputa de pênaltis, por 4 a 3. Um trauma para a azurra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.