Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Argentina volta aos treinos sem Messi e observada por dirigentes

Equipe retoma trabalhos em Salvador com clima pesado após derrota para a Colômbia, pela Copa América

Ciro Campos, enviado especial a Salvador, O Estado de S. Paulo

16 de junho de 2019 | 12h57

A derrota na estreia da Copa América para a Colômbia, por 2 a 0, no sábado, deixou o clima pesado na seleção argentina. A equipe do craque Lionel Messi voltou aos treinos na manhã deste domingo, em Salvador, com os jogadores em silêncio e em um ambiente de preocupação. O elenco realizou uma atividade no CT do Vitória sob observação de perto da cúpula da Associação Argentina de Futebol (AFA).

O técnico Lionel Scaloni permitiu somente a presença da imprensa nos 15 primeiros minutos da atividade. Apenas foram a campo os jogadores que não foram titulares na partida contra a Colômbia, na Fonte Nova. Os dirigentes da AFA ficaram em um camarote improvisado ao lado do campo e enquanto tomavam o tradicional mate, conversavam e viam os atletas irem ao gramado para realizarem o trabalho.

O meia Messi assim como os principais jogadores permaneceram somente na academia, em trabalho regenerativo. O time chegou ao estádio de ônibus cercado de muita segurança, porém não se escondeu da torcida ou de quem estava na rua. Os jogadores mantiveram as cortinas do janela veículo abertas e foi possível notar os semblantes fechados. Os grandes nomes da equipe, como os atacantes Agüero e Di Maria estavam sentados nos bancos do fundo.

A Argentina teve de mudar o local do treino neste domingo. Nos últimos dias em Salvador a seleção treinou no estádio do Barradão, mas como na tarde deste domingo será a vez do Brasil utilizar o local, a saída foi transferir o treino para o campo anexo, utilizado pelo elenco profissional do Vitória com centro de treinamento.

A seleção argentina se despede de Salvador ainda neste domingo, em direção a Belo Horizonte. Na capital mineira a equipe tem um compromisso importante na quarta-feira, quando tentará se recuperar da derrota na estreia. No Mineirão o compromisso será contra o Paraguai, na próxima quarta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.