Argentino escala 'quarteto fantástico' contra um Irã defensivo

O técnico da Argentina, Alejandro Sabella, escolheu uma formação 4-3-3 ofensiva como esperado para a partida contra o Irã neste sábado, em um jogo do Grupo F em que busca assegurar vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo.

REUTERS

21 de junho de 2014 | 12h55

Abandonando a cautela que mostrou no primeiro tempo da estreia contra a Bósnia, o quatro vezes melhor do mundo e capitão da Argentina, Lionel Messi, começa no ataque ao lado de Gonzalo Higuaín e Sergio Aguero.

O último membro do chamado "quarteto fantástico" da Argentina, Angel Di Maria, completa um dos ataques mais temidos do futebol mundial.

O Irã, que estreou com um empate por 0 x 0 contra a Nigéria, vai mais uma vez rechear sua defesa, deixando Reza Ghoochannejhad como único homem de frente e o meia-atacante Ashkan Dejagah também buscando ameaçar a defesa argentina.

(Reportagem de Andrew Cawthorne)

Tudo o que sabemos sobre:
COPASOCCERWORLDM27ARGIRAQUARTETO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.