Mario Garcia/EFE
Mario Garcia/EFE

Argentino Gabriel Heinze anuncia aposentadoria do futebol

Defensor de 35 anos do Newell''s Old Boys pendura as chuteiras no fim da temporada

AE, Agência Estado

21 de março de 2014 | 20h17

ROSARIO - Titular da Argentina as duas últimas Copas do Mundo, o zagueiro Gabriel Heinze está na sua última temporada como jogador profissional de futebol. O defensor de 35 anos, atualmente no Newell''s Old Boys, clube que o revelou, anunciou nesta sexta-feira que vai se aposentar ao fim da temporada para a equipe.

Vendido ainda garoto para o Valladolid, aos 19 anos, Heinze fez toda a sua carreira na Europa. Jogou por Sporting e PSG antes de acertar com o Manchester United, onde permaneceu entre 2004 e 2007, faturando o Campeonato Inglês em uma oportunidade. De lá saiu para ser galáctico no Real Madrid, até 2009. Ainda jogou por Olympique de Marselha e Roma antes de retornar para o Newell''s, em agosto de 2012.

"Como tudo na vida, os sonhos também terminam. Ser parte do clube mais lindo da Argentina é algo que sempre levarei no meu coração. Quero contar a vocês que no final desta temporada não serei mais jogador do clube. Mas, lamentavelmente, não posso contra a realidade do meu corpo, que me faz jogar uma partida na qual não encontro uma forma de jogar", escreveu o jogador, num bonito comunicado aos torcedores.

"Jogaria toda minha vida no Newell''s, mas não posso ser egoísta. O amor por estas cores também se demonstra com atitudes responsáveis e com gratidão a esta instituição que só meu deu alegrias. Darei o meu melhor nos próximos meses, porque este clube sempre estará acima de qualquer coisa", prometeu.

Heinze rescindiu seu contrato com o Newell''s e abriu mão de receber os salários daqui até o fim da temporada - o clube disputa o Torneio Clausura e a Libertadores. "Confio que a direção do clube destine o dinheiro que ganho para as categorias de base, onde sinto que está o futuro de todos que queremos bem o Newell''s."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolHeinze

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.