Divulgação
Divulgação

Argentino Herrera rescinde contrato e não é mais jogador do Vasco

Atacante não rendeu o esperado no Rio e sai sem deixar saudade

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 18h53

Quando foi apresentado como reforço do Vasco, em junho, o atacante Herrera disse que pretendia "colocar o Vasco onde merece estar". Rebaixado para a Série B, entretanto, ele não vai continuar no clube carioca para 2016. O jogador argentino optou por rescindir o contrato que iria até dezembro deste ano.

Herrera, que se destacou no Corinthians, em 2008, e depois passou por Grêmio e Botafogo, nunca rendeu no Vasco o que dele se esperava. Em 13 partidas no Brasileirão, não marcou nenhum gol e esquentou o banco de reservas de um time que acabou rebaixado. Com salário alto e fora dos planos da comissão técnico para 2016, deixou o clube pelas portas dos fundos.

Para o Vasco, a saída dele dá alívio financeiro, uma vez que o argentino tinha um dos salários mais altos do elenco. O problema é que o time fica sem centroavante, já que também Rafael Silva saiu, acertando com o Cruzeiro. Por enquanto, só Yago Pikachu, lateral do Paysandu, foi contratado.

Quatro jogadores faltaram à reapresentação, nesta quarta-feira. De acordo com a diretoria, o zagueiro Rodrigo se apresenta na quinta, enquanto o meia Nenê, que negocia com o Atlético-MG, e o goleiro Martin Silva chegam na sexta. Já o atacante colombiano Riscos não tem data para se apresentar, uma vez que o Cruzeiro, dono dos seus direitos econômicos, pediu que ele fosse a Belo Horizonte.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.