Ricardo Saibum/Divulgação - 23/7/2012
Ricardo Saibum/Divulgação - 23/7/2012

Argentino revela dificuldade em adaptação no Santos

Patito Rodriguez afirma que tem jogado em outra posição no time paulista

Sanches Filho, Agência Estado

21 de novembro de 2012 | 20h17

SANTOS - A dificuldade com o idioma, saudades da família e a troca de lado no campo são as explicações de Patrício Rodriguez para o seu futebol ainda não ter convencido, quatro meses depois de ter chegado ao Santos como jogador de alto nível.

"No Independiente (da Argentina) eu jogava pela esquerda e no Santos tive de me adaptar na direita porque o espaço do meio para esquerda é ocupado por Neymar. Nunca tinha jogado dessa maneira e é claro que senti", disse o meia, que vai substituir Neymar (suspenso pelo terceiro amarelo) contra o Corinthians, sábado à noite, no Pacaembu.

Antes da estreia, Pato era definido por Muricy Ramalho como meia ''diferente'', veloz, de qualidade e que atua pelo lado esquerdo do campo, mas, deslocado para a direita passou a ser visto apenas como um carregador de bola que corre muito. Mas, a sua história pode ter começado a mudar no sábado à noite, com o gol de letra que marcou, o primeiro da vitória por 2 a 0 contra o Figueirense, na Vila Belmiro.

Agora, Pato Rodríguez quer superar outros obstáculos que estão influenciando negativamente no seu rendimento no campo. "A adaptação está sendo difícil porque a mudança foi muito grande", reconheceu. "Sinto falta da Argentina, do meu bairro, da família, dos amigos e de fazer as coisas. Enfim, de tudo isso. Agora tudo é diferente. Treino e depois fico sozinho com a minha namorada. Mas, vou procurar aproveitar as férias, matar as saudades e superar esses problemas", finalizou.

REUNIÃO. O Conselho Deliberativo do Santos vai se reunir em assembleia extraordinária quinta à noite, na Vila Belmiro. Entre os assuntos da pauta, o principal é o pedido encaminhado ao órgão por 52 conselhos para que o Santos se recuse a ceder jogadores à seleção brasileira para amistosos que não sejam em datas FIFA.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.