Argentinos fazem fila para ver Messi jogar pela seleção

A seleção argentina joga neste sábado contra o Chile no Estádio Monumental de Núñez pelas Eliminatórias

11 de outubro de 2007 | 19h50

Os argentinos estão fazendo filas nas bilheterias para comprar ingressos para o jogo de sábado entre Argentina e Chile, no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, quando pela primeira vez poderão ver no país uma atuação do craque Lionel Messi, do Barcelona. "As entradas são baratas se considerarmos que Messi estará em campo", disse um torcedor que pagou cerca de US$ 30 (cerca de R$ 54) por um bom lugar no estádio do River.  "Meu filho faz aniversário no domingo e me pediu de presente um ingresso para ver Messi. Fiquei três horas na fila, mas consegui", disse outra torcedora, que comprou um dos ingressos mais populares, por US$ 4 (cerca de R$ 7) Sobre Messi, o volante Mascherano disse que o país está "perto de voltar a ter um argentino como melhor jogador do mundo". Messi está entre os 30 pré-selecionados pela Fifa para o prêmio. Titular absoluto da seleção, Messi terá o ex-corintiano Tevez como companheiro de ataque na estréia. O jogador do Manchester United ganhou a briga com Sergio Agüero, do Atlético de Madrid, vice-artilheiro do campeonato espanhol com cinco gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.