Argentinos treinam com chuva e barro

A Argentina não brinca nas Eliminatórias. Embora lidere a classificação sul-americana para a Copa de 2002, se prepara com rigor para pegar a Venezuela, quarta-feira, em Buenos Aires. Desde o começo da semana, os jogadores convocados pelo técnico Marcelo Bielsa estão concentrados e treinam todos os dias, mesmo sob chuva forte e em campos enlameados.Bielsa não diminui o ritmo, apesar do mau tempo. Os atletas não têm dado entrevistas, mas assessores da seleção garantem que todos "estão se divertindo". A preocupação do treinador tem sido arrumar a defesa, já que o titular Ayala fica fora por acúmulo de cartões amarelos. A tendência é a de que Pochettino, do Paris Saint-Germain, seja escolhido como substituto. O artilheiro Batistuta, da Roma, também fica fora, por contusão.O grupo de argentinos tem, por enquanto, 17 jogadores, todos "estrangeiros". Bielsa vai completar a lista ainda nesta sexta-feira, e provavelmente vai recorrer ao River Plate. O meia Ariel Ortega é nome certo para ser chamado. O técnico conta, desde segunda-feira, com os goleiros Burgos (Mallorca) e Cavallero (Celta); com os zagueiros Berizzo (Celta), Pochettino (PSG), Samuel (Roma), Vivas (Arsenal) e Sorin (Cruzeiro); com os meias Zanetti (Internazionale), Gustavo Lopez (Celta), Killy Gonzalez (Valencia), Simeone (Lazio), Veron (Lazio), Husain (Napoli) e Gallardo (Monaco); e com os atacantes Crespo (Lazio), Julio Cruz (Bologna) e Cláudio Lopez (Lazio).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.