Pedro Vilela/Cruzeiro
Pedro Vilela/Cruzeiro

Ariel admite necessidade de evolução, mas prevê bom início de ano do Cruzeiro

Equipe estreia na temporada diante do Guarani, sábado, em Divinópolis, pelo Mineiro

Redação, Estadão Conteúdo

14 de janeiro de 2019 | 20h32

Ainda em início de trabalho para a temporada, o Cruzeiro treina forte esta semana para a estreia no Campeonato Mineiro diante do Guarani, sábado, em Divinópolis. O volante Ariel Cabral concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira e admitiu que ainda será necessário muita evolução, apesar de apostar em um bom início de ano da equipe celeste.

"Acho que precisamos melhorar algumas coisas, mas sabemos o que pode acontecer. Teremos muitos jogos. Temos que estar prontos a todo momento. Uma equipe tem que ser taticamente boa, todos devem correr. E o Mano sabe o que se deve fazer", declarou.

O técnico Mano Menezes, aliás, foi bastante elogiado pelo argentino. Para Ariel, a manutenção do treinador e de boa parte do elenco - Arrascaeta, negociado com o Flamengo, é a grande baixa - devem fazer com que o Cruzeiro inicie a temporada mirando grandes objetivos.

"O Mano já tem o elenco quase fechado. Todos estão trabalhando bem, já sabem o que o Mano quer. E isso é bom. O jogo-treino (vitória sobre o Coimbra no sábado) foi bom, com as pernas um pouco pesadas ainda. Mas foi bom para termos contato com a bola e trabalhar esta parte", comentou.

O volante ainda elogiou o recém-chegado Jadson, contratado junto ao Fluminense e que será seu concorrente na luta por uma vaga entre os titulares. "A relação com ele é muito boa. É um jogador de muita qualidade. No meio de campo, temos muitas opções. Isso é muito bom para a equipe. A gente precisa de variações, sistemas táticos que mudem os jogos. Há momentos em que precisamos atacar mais e ficamos com um volante só. Jadson chega para nos dar mais uma alternativa."

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.