Aristizábal anuncia que deixará seleção

Aristizábal procurou o técnico Francisco Maturana nesta segunda-feira e lhe comunicou que a partida contra a Bolívia, quarta-feira, em La Paz, será a sua última com a seleção colombiana. Se for escalado, é lógico. O atacante do Cruzeiro, de 31 anos, tomou a decisão quando soube a justificativa utilizada por Maturana para explicar a sua não participação no jogo domingo contra o Brasil.Maturana disse que Aristizábal não jogou porque não estava muito animado e que era preciso ?proteger o jogador?. O atacante se irritou e respondeu ao treinador. ?Não preciso que ninguém me proteja. Sei que muitos não gostam de mim na seleção, mas sempre que fui chamado mostrei profissionalismo e amor à camisa.?Com a sua despedida, Aristizábal desiste do sonho que havia anunciado durante a semana. Com 15 gols marcados pela Colômbia, queria ultrapassar Iguarán, que, com 24 gols, é o maior artilheiro da história da seleção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.