Aristizábal pode ser do Corinthians nesta 3ª

O atacante Aristizábal é aguardado no Parque São Jorge para um encontro que pode sacramentar sua transferência para o Corinthians. O negócio, que chegou a esfriar no final de dezembro, foi retomado depois de o Cruzeiro anunciar nesta segunda-feira a dispensa do jogador como parte do esforço para contratar Rivaldo. A chance ficou ainda maior quando o técnico do Santos (clube que também estava interessado no colombiano), Emerson Leão, descartou o atleta. O encontro deve ser decisivo, já que os primeiros contatos já foram feitos antes das festas de final de ano e a diretoria quer fechar o grupo de atletas para a temporada 2003 no mais tardar até esta quarta-feira. A idéia é aproveitar a quinta e sexta-feira para cuidar de questões burocráticas, como registros, e deixar todos os atletas em situação regular antes da reapresentação. O time volta ao trabalho na segunda-feira. No dia seguinte, segue para Extrema, no Sul de Minas Gerais, onde realiza a pré-temporada. A estréia no Campeonato Paulista será no dia 21, em Sorocaba, contra o Atlético. Aristizábal chegou a pedir R$ 100 mil por mês de salário no Cruzeiro. Porém, os cartolas corintianos dizem acreditar que não será difícil convencê-lo a aceitar o teto estipulado pelo clube: R$ 80 mil. Para isso, contam com o fato de o período de contratações estar próximo do fim e o jogador precisar se encaixar em algum lugar para começar o trabalho visando à temporada 2004. Rolo - Os dirigentes ficaram na bronca com Alex Mineiro. O atacante do Atlético-PR decidiu fazer um verdadeiro leilão. Tudo o que falou e negociou com o Corinthians, falou e negociou também com o Atlético-MG. Conclusão: fechou as portas do Parque São Jorge com boa parte dos diretores. Já o lateral-esquerdo Gilberto, que disputou o último Brasileiro pelo Grêmio, está cada vez mais enrolado. Com a prisão de seus empresários, Alexandre Martins e Reinaldo Pitta, o atleta está desorientado na negociação. Na zaga, tudo indica que a vaga será preenchida pelo jovem Vitor Hugo, dos juniores.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2004 | 19h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.