Frank Leonhardt/EFE
Frank Leonhardt/EFE

Arjen Robben é suspenso e desfalca Bayern de Munique em dois jogos

Astro foi expulso após o apito final por insultar o árbitro do empate por 1 a 1 com o Nuremberg

AE-AP, Agência Estado

11 de abril de 2011 | 12h22

O astro Arjen Robben foi suspenso por dois jogos e vai desfalcar o Bayern de Munique na partida contra o Bayer Leverkusen, no dia 17 de abril, decisiva para a equipe na luta por uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa. A ausência do holandês deixa o treinador interino Andries Jonker sem um dos seus principais jogadores em sua primeira partida no comando do time.

Robben foi expulso após o apito final por insultar o árbitro do empate por 1 a 1 com o Nuremberg, no sábado, e foi punido pela Federação Alemã de Futebol. O treinador Louis van Gaal foi demitido após o jogo com o Nuremberg e seu assistente Jonker vai dirigir o time nos últimos cinco jogos da temporada. "Eu não estou satisfeito, mas vamos encontrar uma solução", disse Jonker nesta segunda-feira.

O Leverkusen é o segundo colocado, nove pontos à frente do Bayern, que está em quarto lugar e luta para terminar na segunda ou terceira posição. O segundo lugar leva uma vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões e o terceiro disputa a fase preliminar. O empate em Nuremberg deixou o Bayern um ponto atrás do Hannover, que está na segunda posição.

"Os jogadores querem jogar na próxima temporada da Liga dos Campeões", disse Jonker. "Temos de estar em terceiro lugar em 14 de maio (quando acaba o Campeonato Alemão) e ter mais pontos do que o Hannover", disse o holandês, de 48 anos.

"Eu não preciso ensinar nada aos jogadores para cinco jogos, eu não preciso de uma filosofia. O que eu preciso fazer junto com os torcedores, a diretoria, a comissão técnica e os jogadores é conquistar a classificação para a Liga dos Campeões. Se todos nós ficarmos juntos podemos fazer isso".

O treinador do Bayern na próxima temporada será Jupp Heynckes, que está no comando do Leverkusen. Heynckes está em uma situação delicada, já que sua atual equipe pode destruir a esperança do seu próximo clube de disputar a próxima Liga dos Campeões. Jonker continuará no Bayern após a chegada de Heynckes e será responsável pelo comando da equipe reserva.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBayern de MuniqueRobben

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.