Armando Marques na mira do STJD

O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Luiz Zveiter confirmou que o órgão abriu inquérito para apurar responsabilidades e a participação do ex-presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF Armando Marques no escândalo de manipulação de resultados. ?Não posso adiantar do que se trata, apenas instauramos um inquérito para verificar se Armando Marques cometeu alguma irregularidade, ou se omitiu-se em situações importantes?, explicou Zveiter.Segundo a Folha de São Paulo, Marques estaria envolvido com uma casa de jogos em Piracicaba. Armando Marques foi demitido do cargo pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, na última sexta-feira. O dirigente não gostou da falta de reação de Armando após as denúncias sobre a máfia do apito.O zagueiro Alemão, do Vasco, e o técnico Celso Roth, do Botafogo, também serão chamados pelo STJD para explicar entrevistas concedidas sábado à Rádio Globo.Alemão disse que já presenciara a tentativa de um árbitro, ainda em atividade, de manipular resultados. E Roth afirmou que sabe exatamente quando um juiz de futebol está determinado a prejudicar uma equipe.?Eles vão ter de dar o nome dessas pessoas. Se houver recusa em sustentar o que disseram, a denúncia pode se virar contra eles?, afirmou Zveiter.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2005 | 13h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.