Divulgação / Atlético-MG
Divulgação / Atlético-MG

Arouca agradece Palmeiras e se diz ansioso para encontrar torcida do Atlético-MG

Volante atuou por três temporadas no clube alviverde e acredita na sua recuperação em 2018

Estadão Conteúdo

14 de dezembro de 2017 | 21h02

O volante Arouca se despediu nesta quinta-feira do Palmeiras. Confirmado como novo reforço do Atlético-MG para o ano que vem, o jogador de 31 anos utilizou as redes sociais para agradecer a todos com quem trabalhou no clube paulista ao longo destas três temporadas que por lá atuou.

+ Vice do Flamengo na Sul-Americana tira Atlético-MG da Libertadores

"Aproveito a deixa para agradecer o Palmeiras pela oportunidade de buscar um novo desafio com esse empréstimo. Gostaria de demonstrar a minha gratidão aos dirigentes, comissão técnica, companheiros de time, funcionários, imprensa e torcida, que sempre tiveram o maior carinho e consideração por mim. É uma história muito bonita, de quase três anos, um título de Copa do Brasil e um inédito pra mim, que foi o Brasileirão. Nada apagará tudo o que conquistamos juntos", escreveu em sua página no Instagram.

Arouca chegou ao Palmeiras no início de 2015, após ótima passagem pelo Santos. No time alviverde, porém, sofreu com inúmeros problemas físicos e não teve o rendimento esperado, apesar dos títulos conquistados. Em 2017, por exemplo, precisou passar por duas cirurgias no tornozelo esquerdo e defendeu a equipe em apenas duas partidas, sendo um amistoso.

Mas o volante confia que 2018 será o ano de sua recuperação e, para isso, conta com a infraestrutura do Atlético-MG, que ele elogiou bastante. Arouca também fez questão de manifestar sua ansiedade para atuar com a camisa alvinegra diante da torcida no Independência.

"Estou muito feliz e motivado para vestir a camisa de um dos maiores clubes do País, com estrutura invejável e uma das torcidas mais apaixonadas do Brasil. Não vejo a hora de me encontrar com a 'Massa' e buscar novos títulos e novas conquistas. Chego com a motivação de deixar tudo em campo, até a última gota de suor, até a última gota de sangue. É assim que sempre fui, e agora não será diferente!", prometeu.

 

 

Hoje começa um novo ciclo na minha carreira profissional. Estou muito feliz e motivado para vestir a camisa de um dos maiores clubes do país, com estrutura invejável e uma das torcidas mais apaixonadas do Brasil. Não vejo a hora de me encontrar com a Massa e buscar novos títulos e novas conquistas. Chego com a motivação de deixar tudo em campo, até a última gota de suor, até a última gota de sangue. É assim que sempre fui, e agora não será diferente! . Aproveito a deixa para agradecer o Palmeiras pela oportunidade de buscar um novo desafio com esse empréstimo. Gostaria de demonstrar a minha gratidão aos dirigentes, comissão técnica, companheiros de time, funcionários, imprensa e torcida, que sempre tiveram o maior carinho e consideração por mim. É uma história muito bonita, de quase três anos, um título de Copa do Brasil e um inédito pra mim, que foi o Brasileirão. Nada apagará tudo o que conquistamos juntos. MUITO OBRIGADO!

Uma publicação compartilhada por Marcos Arouca da Silva (@oficialarouca5) em

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.