Arouca pede ofensividade ao Santos na visita ao líder

Há três jogos sem vitórias, o Santos terá nesta quinta-feira o seu maior desafio no Campeonato Brasileiro: visita o líder Atlético-MG, com 100% de aproveitamento em casa, no estádio Independência. Apesar de reconhecer a boa fase do rival, o volante Arouca disse que recusa uma postura defensiva do time santista nessa partida.

AE, Agência Estado

24 de julho de 2012 | 19h17

"Temos que ter todos os cuidados possíveis, até porque se trata do líder do campeonato, que tem jogadores acima da média. Temos que ter total atenção, mas não adianta ir lá e ficar só observando eles jogarem", disse Arouca na entrevista coletiva desta terça-feira.

O Santos vem de dois empates, com Botafogo e Internacional, e de derrota para o Vasco. Essa sequência derrubou a equipe para a 15ª colocação. "Temos que voltar a vencer, é isso que nós queremos. Essa situação nos incomoda bastante. Esse é um grupo vencedor, que está acostumado com vitórias. Temos que ter ânimo para voltar a vencer. Em momento algum estamos deixando de correr", comentou Arouca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoSantosArouca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.