Arouca pede para Muricy não poupar titulares

O São Paulo está com o foco em duas competições. No próximo domingo, vai enfrentar o Palmeiras pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro e, depois, na quarta-feira, vai duelar com o Cruzeiro, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Apesar da importância da competição sul-americana o volante Arouca pede para Muricy Ramalho não poupar os titulares no Palestra Itália.

AE, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 19h16

"Acho que devemos entrar com nossa força máxima, até porque a gente vem jogando pouco. E não é porque estamos na Libertadores que o clássico fica com menos importância. Não existe clássico sem pressão e todos aqui querem jogar", afirmou, motivado para o confronto com o Palmeiras.

Arouca comemorou a volta de André Dias, Jean, Dagoberto e Aislan aos treinamentos no São Paulo. "Ficamos muito felizes com o retorno deles e espero que já possam jogar no domingo. Além de reforçar o time tecnicamente, deixam a equipe mais confiante", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.