Martín Bernetti / AFP
Martín Bernetti / AFP

Arrascaeta vê duelo contra o Egito como fundamental para classificação uruguaia

Quatro jogadores que se recuperavam de problemas físicos voltam aos treinos na seleção uruguaia

Estadão Conteúdo

12 Junho 2018 | 10h22

O meia Arrascaeta, do Cruzeiro, deve começar entre os titulares do Uruguai na estreia da Copa do Mundo, sexta-feira, às 9h (de Brasília), contra o Egito, em Ecaterimburgo, em duelo pelo Grupo A.

+ Francescoli vê mudança de filosofia no Uruguai: 'Sai a garra, entra a técnica'

+ Muslera comemora possível recorde pelo Uruguai e descarta favoritismo no Grupo A

+ Salah treina separado do grupo e segue como dúvida para estreia do Egito na Copa

O jogador de 24 anos será o responsável por fazer a bola chegar nos dois principais atletas de sua seleção: os atacantes Edinson Cavani e Luis Suárez. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o armador da equipe disse que o primeiro jogo do Mundial é fundamental para o futuro de sua seleção na competição.

"A partida contra o Egito é chave para a nossa classificação. Trata-se de uma grande equipe e temos que ter calma. Vamos fazer aquilo que estamos acostumados, que é tocar a bola de pé em pé", disse Arrascaeta.

Nesta terça-feira, a seleção uruguaia fez o segundo treino na Rússia, na cidade de Nijni Novgorod. O técnico Oscar Tábarez permitiu que os jornalistas assistissem a apenas os 15 minutos iniciais do trabalho.

 

Arrascaeta evitou dar pistas da escalação da equipe para a estreia. Ele usou o discurso semelhante ao que o goleiro Muslera deu no dia anterior. Apesar de teoricamente estar em uma chave com seleções menos tradicionais como Egito, Arábia Saudita e Rússia, fez questão de tirar qualquer favoritismo de sua seleção.

"Nunca nos caracterizamos por ser favoritos. A nossa história mostra sempre que precisamos ir com humildade, partida a partida", afirmou. "E assim é que vamos fazer. Vamos pensar o Mundial pensando sempre no próximo jogo e vamos ver até onde iremos chegar", afirmou.

No início do trabalho desta terça-feira foi possível ver que os quatro jogadores que se recuperavam de problemas físicos aparentemente estão recuperados. Lucas Torreira, Guillermo Varela e Rodrigo Bentancur iniciaram o treino no gramado e devem estar disponíveis para a partida contra o Egito.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.