Glyn Kirk/AFP
Glyn Kirk/AFP

Arsenal amplia crise e perde para o Brighton & Hove Albion no Inglês

Time londrino é derrotado por 2 a 1 e gera protestos da torcida contra o futebol dos comandados de Arsene Wenger

Estadão Conteúdo

04 Março 2018 | 12h30

O Arsenal protagonizou neste domingo mais um vexame. Depois de perder para o Manchester City por duas vezes consecutivas, ambas por um fácil 3 a 0, a equipe de Arsène Wenger ampliou a sua crise ao ser derrotada pelo Brighton & Hove Albion por 2 a 1, fora de casa, pela 29ª rodada do Campeonato Inglês.

+ Liverpool vence Newcastle e assume vice-liderança provisória

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

O decepcionante resultado manteve o time com 45 pontos, na frustrante sexta colocação e cada vez mais distante de conseguir uma vaga até mesmo na próxima edição da Liga Europa. Já o Brighton & Hove Albion chegou aos 34 e subiu para décimo.

Atropelado pelo Manchester City em duas partidas consecutivas, o Arsenal entrou em campo neste domingo com a obrigação de reagir. Arsène Wenger, assim, mandou a campo destaques como Aubameyang, Mkhitaryan e Özil. Pouco adiantou.

Nervoso em campo, o Arsenal foi facilmente dominado no início. E, logo aos seis minutos, após cobrança de escanteio, o goleiro Petr Cech vacilou, o zagueiro Lewis Dunk aproveitou e abriu o placar.

Estava fácil. Diante da pouca força ofensiva do adversário, o Brighton & Hove Albion seguiu controlando o duelo até os 26 minutos, quando o atacante Glenn Murray recebeu cruzamento e, sem marcação, de cabeça, ampliou para o time mandante.

Aubameyang até descontou aos 42, de calcanhar, após bate-rebate na área. Mas, no segundo tempo, embora tenha permanecido quase sempre no ataque, o Arsenal foi pouco efetivo, quase nada criou e amargou o terceiro vexame consecutivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.