Will Oliver/EFE
Will Oliver/EFE

Arsenal bate Newcastle, ultrapassa Tottenham e United e assume 3º lugar no Inglês

Equipe de Londres supera retranca adversária e se aproxima da ponta da tabela

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2019 | 18h39

O Arsenal derrotou o Newcastle, nesta segunda-feira, por 2 a 0, no Emirates Stadium, em Londres, pela 32ª rodada do Campeonato Inglês. Com o resultado, o time londrino chegou aos 63 pontos, assumiu o terceiro lugar e ultrapassou o Tottenham, que perdeu no domingo para o Liverpool e continua com 61 pontos, ao lado do Manchester United, quinto colocado e que superou o Watford no sábado, mas que agora voltou a ficar atrás do Arsenal.

O técnico Rafael Benítez escalou o Newcastle deixando claro que estava mais preocupado em não perder do que em buscar a vitória. Foram armadas duas linhas defensivas, uma de cinco e outra de quatro, com apenas o grandalhão Rondón no meio de campo para iniciar os quase inexistentes contra-ataques.

Com isso, o que se viu desde o primeiro tempo foi o domínio e a iniciativa de jogo do Arsenal, que chegou a ter quase 80% de posse de bola. O time de Londres foi rápido e eficiente na troca de passes, mas falhou muito no último toque para definir as jogadas.

Aos 29 minutos, em uma das muitas investidas feitas próximas à área do Newcastle, a bola sobrou para Ramsey, que bateu cruzado, bonito, colocado, de pé esquerdo para abrir o placar. O jogador festejou muito, pois está em sua temporada de despedida após dez anos do clube. Ele vai jogar pela Juventus e deverá assinar um acordo de quatro temporadas com o time de Turim.

O primeiro tempo poderia ter terminado com uma vantagem superior do Arsenal não fosse a finalização de Lacazette ser salva em cima da linha por um defensor.

Na etapa final, o Arsenal aumentou o ritmo e ampliou o número de oportunidades perdidas. O trabalho do Newcastle praticamente se resumiu em marcar de sua intermediária para trás.

Aos 27 minutos, Ozil fez ótimo lançamento para Aubameyang, que bateu firme para ótima defesa de Dubravka. Aos 36, porém, não teve jeito. Após tabela com Aubameyang, Lacazette esbanjou categoria para encobrir o goleiro, fazer o segundo gol e definir o jogo.

O resultado fez o Newcastle ficar estacionado nos 35 pontos, na 14ª posição, antes de voltar a campo no próximo sábado, contra o Crystal Palace, fora de casa, pela rodada seguinte do Inglês. Um dia depois, o Arsenal terá pela frente o Everton, em Liverpool.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.