Reuters
Reuters

Arsenal bate Villarreal e encara Manchester na semifinal

Diante da torcida, time inglês não tem problemas para fazer 3 a 0 e garantir a classificação na Liga

AE, Agência Estado

15 de abril de 2009 | 17h53

O Arsenal se classificou para a semifinal da Liga dos Campeões ao derrotar o Villarreal por 3 a 0 em Londres. O time britânico havia empatado por 1 a 1 na primeira partidas das quartas-de-final, disputada na Espanha. Agora, a equipe vai enfrentar o Manchester United, que eliminou o Porto.

 

Veja também:

link Cristiano Ronaldo marca e Manchester elimina Porto

tabela Liga dos Campeões - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Os times ingleses vão se enfrentar pelas semifinais nos dias 29 de abril e 5 de maio. O primeiro duelo será disputado no Old Trafford, em Manchester, e o segundo no Emirates Stadium, em Londres.

Confirmando a promessa do técnico Arsène Wenger de que o Arsenal não adotaria uma postura defensiva, apesar do empate sem gols ser favorável, o time inglês começou o duelo no ataque e abriu o placar aos dez minutos. Eboué passou para Fabregas. A bola tocou no calcanhar do espanhol e sobrou para Walcott, que encobriu Diego López e marcou um bonito gol.

O Arsenal continuou superior na partida, mas não conseguiu ampliar sua vantagem na primeira etapa, porque pecava muito nas finalizações. Já o Villarreal, tinha dificuldade para trocar passes e pouca ameaçava a defesa do time inglês.

O ritmo da partida não se alterou no segundo tempo e, mais ofensivo, o Arsenal marcou o segundo gol aos 15 minutos. Van Persie passou para Adebayor, que chutou cruzado: 2 a 0. Aos 22 minutos, Walcott foi derrubado na grande área por Diego Godín. E Eguren foi expulso por reclamar da marcação da arbitragem. Van Persie converteu o pênalti, fazendo o terceiro gol do Arsenal. O time inglês ainda desperdiçaria uma chance com Walcott antes do encerramento da partida.

 

Atualizado às 18h18 para correção de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.